3.1.08

olho o fósforo
fora da caixa queimado
não serve para acender o cigarro
dentro da caixa fósforo fechado
não serve para o cigarro
só serve para fazer batucada em mesa de bar
pego o fósforo olho- aquela marca que forma um olho-
fiat lux
a luz se faz
o fósforo serve para acender o que quiser
inclusive o cigarro
inclusive a vela que acendemos para os mortos
inclusive o fogo elucidador dos ancestrais
que tanta guerra causou entre os deuses
que tanto progresso causou entre nós
o fósforo serve para ficar vermelho quando é virgem
serve para ficar preto depois que acendemos as coisas com ele
queimamos as coisas e ele se queima
numa ação reflexiva
numa ação que queima e reluz e depois conduz de novo à escuridão
como no princípio de tudo

3 comentários:

Alessandra disse...

OI Renálide,

2008 começou repleto de inspiração poética... q coisa boa... desejo-te mais e mais inspirações...

Márcia Leite disse...

Gostei muito do desencadear de idéias, arrasou, Maria!

Bjoo pra tu!

=*
=)

Márcia Leite disse...

"O fósforo serve para ficar vermelho quando é virgem."

Erotismo sempre, muito bom, muito bom!

=)