17.10.06

Aos sujeitos amorosos de plantão

Aos que amaram o amor, aos que amam, aos que amarão
recomendo: Fragmentos do discurso amoroso. Roland Barthes. Puta que pariu!!!!!!!!!!!!!!!Dores e gozos.Vida.
Estava lá na estante errada,num lance de olhos o encontrei. Há casos em que o acaso, ai, cai muito bem. lamber langorosamente este livro.
Como esse cara conseguiu escrever assim? vai lá saber.
Boa leitura.

Sem comentários: