1.4.12

Porque engoliste-me
No fundo de tua alma
E eu - como um obstáculo à tua vida-
Te prendi dentro
do meu peito

Sem comentários: