26.1.08

uma singela homenagem ao poema Coração Cabeça (1980) Despoesia, Augusto de Campos.

Sem comentários: